UNIPAR - Hospital Veterinário

Hospital
Veterinário

OUVIDORIA TRABALHISTA

Atendimento

Ligue: (44) 3621 2550

Você está aqui: Institucional  >  História e missão

INSTITUCIONAL

História e missão

O Curso de Medicina Veterinária foi concebido a partir da verificação da necessidade de se proporcionar à comunidade da área de abrangência da Universidade Paranaense - UNIPAR, Unidade - Campus - Umuarama, a possibilidade de contar na esfera do Ensino Superior com um curso que pudesse formar profissionais competentes na área de Medicina Veterinária. A cidade de Umuarama está localizada na região Noroeste do Estado do Paraná e conta com aproximadamente 98.000 habitantes, sendo a agropecuária a mola propulsora da economia. Considerando-se o desenvolvimento econômico e social pelo qual passa a região, particularmente a emergência de novos profissionais na área da saúde e na área de ciências agrárias e de novas tecnologias, torna-se o curso de Medicina Veterinária um instrumento, viabilizador da otimização e da promoção da saúde, indução de novas tecnologias, produção de alimentos, para garantir esta melhoria da qualidade de vida da população tanto no âmbito municipal como no âmbito regional, os docentes e discentes da graduação participam de inúmeras atividades curriculares e extracurriculares. O Curso de Medicina Veterinária foi implantado na Unidade - Campus -.Umuarama da UNIPAR, no ano de 1996 através da Resolução UNIPAR 14/95 de 20/05/95 com funcionamento no turno integral. O Curso de Medicina Veterinária criado pela UNIPAR encontra-se intimamente relacionado com a região Noroeste do Paraná, por ser esta tipicamente agropecuária e inserida na dimensão geográfica continental do Brasil, país com vastas fronteiras agrícolas.

Sendo assim, o curso de Medicina Veterinária da UNIPAR, busca formar um profissional com uma visão global, que compreenda as necessidades dos indivíduos, grupos sociais e comunidades, enfatizando a formação generalista e humanista, crítica e reflexiva. Espera-se que, o aluno definir-se pelo curso da UNIPAR, venha assimilar conteúdos e atividades que objetivam à formação de profissionais conscientes da importância de seu trabalho junto à comunidade.

O curso de Medicina Veterinária concebe-se a partir da verificação da necessidade de proporcionar à comunidade da área de abrangência da Instituição, a possibilidade de contar na esfera do Ensino Superior com um curso que, a par da graduação específica em Medicina Veterinária, possa exercitar uma função de liderança na formação de jovens, futuros profissionais, visto ser esta uma das áreas prioritárias para alavancagem do processo de desenvolvimento do país e de áreas emergentes da atividade, de forma competente. Isto realça de fato a necessidade de um curso dessa natureza para atender concomitantemente, a formação técnico-política e prática do Bacharel em Medicina Veterinária, devendo ser estruturado de modo a atender aos aspectos da formação básica, buscando raízes culturais e filosóficas, que são indispensáveis à formação integral do profissional contemporâneo. A formação sócio-política, caracteriza-se pela formação humanística e interdisciplinar do profissional, possibilitando assim, uma participação mais ampla e ativa na sociedade.

Com o intuito de promover junto ao aluno o conhecimento da teoria, da técnica e o exercício das práticas necessárias para que futuramente, como profissional da área, esteja apto a operar as ações e transformações que dele se esperam, são oferecidas atividades que visam complementar a formação do acadêmico.

Entre as atividades práticas curriculares, são realizados Estágios supervisionados e plantões no Hospital Veterinário, que é um período de experiência para o futuro profissional da Medicina Veterinária, cabendo a este, a consagração da síntese dos elementos teóricos, técnicas e práticas da sua formação acadêmica, nas áreas de atuação escolar e não formal.

Um pilar importante da eficácia da educação é o consenso que, existe pouca valorização quando esta é meramente discursiva e não se concretiza na prática.

E para que isto não ocorra, a Instituição regulamenta como obrigatória a participação dos alunos em atividades extracurriculares, sejam elas, em cursos  extracurriculares da área; em atividades de extensão de ensino complementar; em atividades de extensão gerais (universitária e/ou cultural) em atividades sociais e/ou comunitárias. 

Este profissional, mediante a organização e flexibilização curricular do Curso de Medicina Veterinária, busca desenvolver o lado prático da Medicina Veterinária, exercendo atividades concretas através de atendimentos e aulas práticas nas propriedades rurais da região, visitas técnicas a laticínios, fazendas, cooperativas, além de realizar trabalhos junto a projetos de extensão voltados ao atendimento das necessidades da população  de  Umuarama e região, utilizando-se para esse fim do expediente de aulas práticas, orientações profissionais, palestras, seminários, visitas às comunidades menos favorecidas, etc.

Presta atendimento clínico, cirúrgico e laboratorial aos animais, participando também do Estágio Curricular Supervisionado uma das atividades curriculares de caráter obrigatório e treinamento profissional, que visam oportunizar a articulação ensino teórico-prático, compatível à uma formação generalista.

Quanto ao Estagiário, poderá tornar-se um indutor de novas tecnologias e consequente injeção de novas ideias, visando a uma progressiva autonomia intelectual e profissional, contribuindo para o enriquecimento do currículo que está sendo implementado, estabelecendo-se, portanto, uma nova política de ensino do curso da qual resultará uma formação profissional mais abrangente e eficiente.

O estagiário neste contexto constitui-se em um elo entre a Instituição de Ensino, geradora de tecnologia e o meio consumidor desta tecnologia, além de estreitar o distanciamento entre o educador/pesquisador e o profissional que atua fora da instituição de ensino, com isto favorecendo o intercâmbio de ideias e favorecendo a melhoria da qualidade do ensino/aprendizagem.

 

 

Redes sociais